Buscar

A importância das Emoções

Atualizado: 7 de jan.


Em resposta à avaliação de uma situação, seja ela externa ou interna, manifestam-se, no indivíduo, mudanças fisiológicas, cognitivas e comportamentais. A interação destas três dimensões constitui uma emoção.


As emoções são caracterizadas pela sua grande versatilidade, pois aparecem e desaparecem muito rapidamente, pela sua polaridade, visto poderem ser positivas ou negativas, e pela sua complexidade, uma vez que envolvem fatores fisiológicos, cognitivos e comportamentais.


As emoções podem ser classificadas como básicas e sociais, categorizadas em Alegria, Tristeza, Raiva, Nojo, Medo, Surpresa, Compaixão (Pena), Culpa, Vergonha e Desprezo. As que emergem mais precocemente identificam-se como básicas e da mesma forma, as que emergem mais tardiamente, designam-se sociais.


Posto o acima descrito, pode-se caracterizar uma emoção como sendo uma experiência multidimensional, que engloba as três dimensões referidas anteriormente: Fisiologia, Cognição e Comportamento. Quanto às respostas fisiológicas, estas manifestam-se através de diversas alterações no ritmo cardíaco, na pressão sanguínea, na taxa respiratória e na tensão muscular. É de salientar que emoções diferentes resultam em padrões distintos de atividade corporal. A dimensão cognitiva, por sua vez, refere-se à avaliação que o indivíduo faz de um determinado acontecimento (appraisal), antes e depois da emoção. Visto que o appraisal cognitivo pode variar de indivíduo para indivíduo, e de situação para situação, as experiências afetivas são subjetivas.


Por fim, no que diz respeito à componente comportamental, esta traduz-se na comunicação de uma emoção, verbal ou não-verbal. Aqui são incluídas as expressões faciais, gestos e posturas. É sabido que cada emoção básica elícita uma resposta comportamental padronizada, dado que envolvem a ativação de músculos da face específicos e são acompanhadas de posturas corporais próprias. Deste modo, tem-se que as expressões faciais correspondem à pista mais primitiva de reconhecimento de emoções, e que a postura corporal é igualmente capaz de fornecer informação sobre o estado emocional.



Texto elaborado por Joana Pereira, Psicóloga Junior, Formadora na ForYourMind.

85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ansiedade

+351 915 465 134

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn